Translate

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Os tempos mudam.

É claro que hoje não sou o que ontem fui , amanhã estarei tão mudada a ponto de olhar para trás e não reconhecer o que fui hoje , mas essas mudanças tão complexas , no fim , são desapercebidas.


A minha fé , evolui , involui ou aparece. Não sei.

O que eu posso dizer é que ela existe , alegre ou triste , mas ela está lá , bem guardada.
Como posso amar tanto o calor de um abraço dado com tanto sentimento por algo que mal conheço?
Eu sei que é algo sobrenatural , além do meu entendimento , algo que amo e infinitamente respeito.



É confuso. A fé professada por muitos , entendida por poucos e ignorada por alguns

Um comentário:

philosophystrikesagain disse...

eu tenho fé em mim.e isso basta.