Translate

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Doce ironia.

Porque dar profundidade ao superficial?
Porque se preocupar com o que faz a diferença?
Vocês são muito parecidos,não iguais.
Talvez o igual seja ser diferente.
Já não sei mais por onde começar.

Tudo não passou de uma doce ironia,
A alegria que durou menos que devia
Não sei porque sinto tando a sua falta,
Mas a saudade me consome.

Foi como um conto de fadas
Regido por bruxas más
E um princepezinho indeciso.



Obs:Perdoem-me por estes posts menos sérios ultimamente,é apenas uma fase que há de passar.Este texto foi escrito dia 24 de maio de 2007 e eu resolvi postá-lo por estar me sentido quase deste modo novamente.

3 comentários:

Kah disse...

Oii, to passando aqui pra avisar que estou com blog novo ^^. http://borboletas-interiores.blogspot.com/... Beijos ;*

philosophystrikesagain disse...

pois é.
fofinho.

Fran disse...

e a saudade sempre matando a gente...

Flor, obrigada por me seguir!
Sempre que puder, passarei aqui mais vezes.
Beijos

ah, quando der vê se comenta no meu tbm ^^