Translate

sábado, 24 de outubro de 2009

Dor.

Eu não sabia que uma simples notícia poderia causar uma dor tão intensa.Sem aviso ou ruídos. Sem lágrimas a serem derramadas,sem as minhas pupilas dilatarem de espanto.
A dor se espalha como o frio que,começa dos meus pés e gela até a minha alma rala e superficial.A minha pseudoesperança piora as coisas e os sentimentos que eu teimo em guardar talvez provem a minha incapacidade de,de fato,amar alguém.
Meus sentimentos estão caindo por terra.



"O Mundo é um Moinho

Ainda é cedo amor.
Mal começaste a conhecer a vida.
Já anuncias a hora da partida.
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar.
Presta atenção querida, embora eu saiba que estás resolvida.
Em cada esquina cai um pouco a tua vida.
Em pouco tempo não serás mais o que és.
Ouça-me bem amor.
Preste atenção, o mundo é um moinho.
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos.
Vai reduzir as ilusões a pó.
Preste atenção querida.
Em cada amor tu herdarás só o cinismo.
Quando notares estás à beira do abismo.
Abismo que cavastes com teus pés. "

Nenhum comentário: