Translate

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Âmbar

O perfume do jasmim
Preenche as minhas manhãs.
Doce e enjoativo,
Como um sonho bom.

Essa mania intrigante
De transformar em poesia
Tudo que tem vida,
Faz-me prolixa.

2 comentários:

Mel. disse...

essa deliciosa mania de transformar tudo em poesia nos persegue sempre! e devemos nós, se é que temos esse poder, ignorá-las?

Bárbara disse...

Adoro as delícias que vcs produzem! rsrsrsrs. Adorei.