Translate

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Essa trovoada ruidosa
Que,por instantes,transforma tudo em dia
Quase leva com sua sombra nervosa
A minha alegria.

Venta demais e a terra se espalha,
Está frio e fresco e essa brisa nada suave
Leva as inquietações da minha alma,

Eu me sinto delicada,porém,também
Tosca e falha.
?
Será que falta algo?

2 comentários:

Lara Torres disse...

Báaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, finalmente voltei ao mundo blogueiro!
http://www.mundodelara.wordpress.com
dps dá uma passadinha lá!
Feliz Natal!!!
bjo =*

Mel. disse...

Nossa, bem legal! Gostei das rimas e da analogia entre o tempo (externo) e as sensações individuais (interno).


Beijos, visite o blog dos lápis, está novinho!