Translate

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Um Nascimento

Os olhos fixos a expressão fechada - cara de mau.
Fones no ouvido,punhos cerrados - dentes a mostra
Oh,não! Ele me deixa descomposta.

Andar firme,selvagem,animal.
Postura de lebre,físico de sapo,
Não,ele não está em farrapos.

Ainda questiono aquela pose,
O olhar vago.
Ah,não é nada,só mais um apaixonado.

Um comentário:

Fábio Racoski disse...

Bonito! Um poema cinematográfico!